22ª Festa da Criança do STIVestuário reúne as famílias dos trabalhadores


Mais de 800 crianças se divertiram durante a tarde do dia 30 de setembro.

O pátio do STIVestuário lotou, na tarde do último sábado (30), durante a 22ª Festa da Criança Vestuarista, “uma das atividades mais gratificantes que a entidade promove”, segundo avaliação do presidente Gildo Antônio Alves. “Parece que foi ontem, mas há 22 anos oferecemos este lazer para nossas crianças e a cada ano aumentando mais”, recorda o presidente do STIVestuário, “na esperança de que possamos continuar fazendo esse encontro, não só com as crianças, mas com seus familiares também”. A Festa da Criança é organizada voluntariamente, todos os anos: “Temos a diretoria toda envolvida, além dos acadêmicos da Católica, de muitas mães e trabalhadores de fábrica, são mais de 200 pessoas ajudando a fazer esta bonita festa para as crianças”, agradece Gildo.

Acompanhadas de seus pais, mais de 800 crianças estiveram na Festa em homenagem ao 12 de outubro – Dia da Criança. Para a vice-presidente do STIVestuário, Rosane Sasse, a Festa da Criança “é o ponto alto do Vestuário, momento em que a gente consegue ter contato direto com as famílias dos trabalhadores e das trabalhadoras”. Rosane também manifesta preocupação com a situação financeira das entidades sindicais, a partir da vigência da Lei 13.467, que instituiu a Reforma Trabalhista: “O movimento sindical vive um momento difícil e é justamente nessas horas de confraternização e alegria, a criançada se divertindo, o sorriso no rosto dos pais, que a gente resgata dentro de nós a vontade de continuar na luta”.

Francisco e Venildes Dias trouxeram para a Festa as filhas Laryssa, Letycia e Luanna.

Trabalhadora do Vestuário, com 8 anos de Marisol, outros 7 anos de Lunender e, agora, há três anos e meio na Elian – “sempre estive sindicalizada e paguei o Sindicato”, destaca -, a bordadeira Venildes Dias trouxe para a Festa as filhas Larissa e Letícia, que são gêmeas, e ainda a caçula Luana, seis anos. “É uma festa muito boa, porque algumas crianças não têm a oportunidade de se divertir nesses brinquedos”, elogia. O marido, Francisco Cristiano Dias lembra que a família vem desde a primeira Festa: “Este é o último ano para as gêmeas, que estão prestes a completar 13 anos, mas a Luanna virá outras vezes, com certeza”. Francisco elogia a estrutura que o STIVestuário coloca à disposição dos associados. “Tem trabalhador que não dá valor ao que tem no Sindicato, como dentistas, médico, pediatra e essa Festa é mais uma iniciativa, neste sentido, que todos os pais e filhos precisam”, conclui.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *